O Buquê

 

O buquê surgiu na Grécia e era feito com flores misturadas as ervas e temperos para afastar o mau-olhado. Com o tempo foi sendo substituído por flores, que são lindas e perfumadas. Os mais populares geralmente com cheiro mais forte, como os alhos eram usados para espantar os maus espíritos. As flores tinham cada uma, seu significado: hera representava fidelidade; lírio a pureza; rosas vermelhas o amor; violetas a modéstia; não-te-esqueças-de-mim era o símbolo de amor verdadeiro; flores de laranja davam fertilidade e alegria ao casal.

 O buquê é parte do visual da noiva, precisa coordenar com o estilo e tipo físico da noiva e não com a decoração! Quanto às flores, o ideal é escolher de acordo com a estação. Por exemplo: tulipas bonitas só temos no auge do inverno, assim como as hortênsias são flores de alto verão.

 Buquê estilo cascata são para noivas com porte e altura. Se for uma noiva baixinha, corre o risco do buquê cascata destaca-se mais do que ela! O formato redondinho é favorito e fica bom na maioria das noivas. O buquê redondo pode ser pequeno ou cheio, de acordo com o tipo físico. Para noivas mais gordinhas, fica muito bom o formato braçada.

E a forma correta de carregar o buquê? Apoiar o ossinho do pulso no ossinho do quadril.

Buquê Cascata

Buquê redondo
Buquê com hortênsias e cravos
Buquê redondo

 

Buquês redondos

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu